No âmbito do Ano Internacional das Florestas 2011

Depois de uma dignificante participação no projecto “Um bosque perto de si”, a EPAAD volta a apresentar candidatura à 2.ª edição daquele projecto ambiental.

O sucesso alcançado pela Escola Profissional Agrícola Afonso Duarte (EPAAD), em 2010, com a sua participação no projecto “Um bosque perto de si” que obteve “o melhor prémio de participação científica” motivou a instituição a apresentar a candidatura à 2.ª edição do projecto, a realizar em 2011, no âmbito do Ano Internacional das Florestas.

No intuito de divulgar e desenvolver esta iniciativa ambiental, a EPAAD esteve representada na cerimónia de lançamento do Ano Internacional das Florestas (AIF-2011), por cinco alunos – Manuela Figueiredo, Jessica Correia, Carolina Gomes, Edmilson Baptista e Stephanie Lopes – acompanhados da professora Florbela Leite, realizada, dia 2 de Fevereiro, no Centro de Ciência Viva (Proença-a-Nova). O lançamento oficial do projecto, que decorreu em simultâneo com a divulgação mundial, que teve lugar na 9.ª Sessão do Fórum das Nações Unidas para as Florestas, em Nova Iorque, foi uma iniciativa do Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas em articulação com a Comissão Nacional da Unesco e com a colaboração da Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica.

Nesta cerimónia, no Centro Ciência Viva, foram apresentados: o projecto “Um Bosque perto de si”, por Rosário Oliveira, do Ciência Viva; o tema “Porquê tanta diversidade nos nossos bosques?”, por César Garcia, do Centro de Biologia Ambiental/Museu Nacional de História Natural, da Universidade de Lisboa; “Petiscos da Biodiversidade Florestal”, por Jorge Paiva, do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra; a apresentação do site oficial do Ano Internacional das Florestas, pela Autoridade Florestal Nacional, consultoria científica de Jorge Paiva; e “Há fungos na floresta”, de Marisa Azul, do Centro de Ecologia Florestal, Universidade de Coimbra; e a apresentação, pela EPAAD, das actividades realizadas no projecto de 2010. Teve ainda lugar a plantação de uma árvore, num gesto global para a preservação da floresta.

“A participação dos alunos da EPAAD nesta sessão, que integrou diversas temáticas ambientais, visou a assimilação dos objectivos do projecto “Um bosque perto de si”, no intuito de os divulgar junto dos colegas e comunidade educativa para os motivar para o desenvolvimento da 2.a edição do projecto”, explicou Florbela Leite. E adiantou que “a aluna Carolina Gomes, da EPAAD, apresentou, aos participantes na cerimónia, as actividades realizadas em 2010, que mereceram o melhor prémio de participação científica”.

Em Portugal, compete à Comissão Nacional da UNESCO dinamizar a iniciativa, em articulação com a secretaria de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, cujo projecto pretende promover a realização de actividades de promoção do desenvolvimento sustentável, da conservação, do desenvolvimento das florestas, em todo o mundo, bem como a sensibilização da população para o papel decisivo que as florestas desempenham no desenvolvimento global sustentável. “Um bosque perto de si” é um projecto Ciência Viva, integrado no programa de actividades do Ano Internacional das Florestas, que tem como objectivo levar os estudantes do ensino básico e secundário a visitar e estudar os ecossistemas florestais da sua região.

Participaram no lançamento do Ano Internacional das Florestas, o secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, a presidente da Agência Ciência Viva e o presidente da Comissão Nacional da UNESCO e as escolas/alunos que em 2010 foram premiadas pelas actividades ambientais realizadas.

 

Fonte: GRPC - Aldo Aveiro (07-02-2011)