Os alunos da turma AQ, do Curso de Animação Sociocultural, da Escola Profissional de Montemor-o-Velho (EPM), acompanhados das professoras Cristina Ferreira e Rita Coelho, participaram no I Congresso nacional de Animação Sociocultural, realizado no Centro de Congressos de Aveiro, de 18 a 20 de Novembro.

“Profissão e Profissionalização dos animadores” foi o tema central do congresso, cujo conteúdo foi sustentado por um ciclo de debates em torno do Estatuto e Carreira dos Animadores Socioculturais, o Código de Ética e Deontologia da Animação Sociocultural e a Formação em Animação Sociocultural.

Neste contexto, os alunos do 3.º ano do Curso de Animação Sociocultural da EPM tiveram oportunidade de participar nos diferentes debates destas questões que preocupam os profissionais desta área, para as quais esperam soluções satisfatórias. O apelo principal que dominou todo o congresso prendeu-se com a “real participação de todos neste processo de mudanças” para uma afirmação e maior visibilidade da profissão do Técnico de Animação Cultural.

A participação dos alunos da EPM neste congresso, segundo os professores foi “muito producente”, pois tratou-se de uma iniciativa, cujos objectivos estão intimamente ligados aos conteúdos programáticos do Curso de Animação Sociocultural, que pretendeu “debater o estatuto e carreira dos animadores socioculturais, possibilitar a elaboração de um código de ética e deontologia da Animação Sociocultural, debater a problemática da formação superior, secundária, profissional e complementar de Animadores Socioculturais e partilhar experiências em Animação Sociocultural”.

Aldo Aveiro