O descerramento de uma Placa Comemorativa dos “20 anos de Ensino Profissional” em Montemor-o-Velho e um momento de convívio com partilha do Bolo de Aniversário e Magusto, dia 12 de Novembro, marcaram o início das comemorações dos 20 anos da EPM.

“Estes vinte anos fazem parte do historial da EPM. Recheados de bons momentos e de outros menos bons, este período contribuiu para a afirmação do Ensino Profissional em Montemor-o-Velho”. Afirmação proferida, dia 12 de Novembro, por Pedro Machado, vereador da Câmara Municipal e actual presidente da Direcção da Associação Diogo da Azambuja, proprietária da Escola Profissional (EPM). Em dia de início das comemorações - que se prolongam pelo ano lectivo 2010/11 -  da EPM, Pedro Machado realçou “o momento alto vivido na EPM”, que considerou de “mudança” e de “reconhecida confirmação da instituição” quer a nível do concelho quer da região. “Queremos que a EPM continue a ser uma entidade prestigiada, onde os jovens adquirem uma formação profissional de sucesso”, referiu, agradecendo a todos quantos colaboraram e colaboram para a afirmação da EPM.

Realçando o momento de “mudança” a nível de formação, Mário Jorge Silva, Director Pedagógico da EPM, sublinhou a aposta da instituição na implementação de novos cursos “tendo em atenção as novas necessidades formativas e profissionais do concelho e da região”. Reforçando esta aposta, referiu as necessidades de profissionais para os novos investimentos que decorrem no concelho, nomeadamente “a nível da Indústria Criativa, do Centro de Alto Rendimento e dos Parques Industriais”.

Mário Jorge salientou a “aposta na melhoria das condições pedagógicas que permitam uma melhor aprendizagem”. E sublinha: “em termos de equipamentos, entre outros, a EPM colocou quadros interactivos em todas as salas de aula e outro material pedagógico e adquiriu um mini-autocarro de 28 lugares para transporte de alunos e visitas de estudo. A nível de alunos, a EPM atingiu o auge com 14 turmas”.

Não deixando de lembrar e reconhecer o mérito dos promotores e de todos quantos têm ajudado a perpetuar a EPM, nomeadamente a funcionários “de há 20 anos”, referiu que “a abertura da EPM criou novos horizontes à juventude do concelho e região, quer a nível de ensino, educação, cultura cívica e formação profissional”, e dirigiu felicitações a professores, funcionários e alunos”.

Nesta cerimónia também participaram representantes da DREC e Governo Civil de Coimbra, assim como Joaquim Cardoso, Joaquim Carraco e Luís Cantante, da ADA.

Aldo Aveiro