A Escola Profissional de Montemor-o-Velho inicia, dia 12 de Novembro, um conjunto de iniciativas que, durante o ano lectivo 2010/11, visam assinalar os “20 anos do ensino profissional” no concelho.

“12 de Novembro de 2010 é uma data marcante para a vida da Escola Profissional de Montemor-o-Velho (EPM)”, afirma Mário Jorge Silva, porque, sublinha “comemora-se o 20.º aniversário do início do Ensino Profissional no concelho”. “São vinte anos de valorização social, cultural e pedagógica, em prol de valores cívicos e profissionais”, remata o actual Director Pedagógico da EPM.

Para o responsável, este momento é um “marco de mudança”. Estando a EPM atenta ao desenvolvimento do concelho de Montemor-o-Velho (e concelhos limítrofes), Mário Jorge explica que “a EPM não pode ficar indiferente às novas necessidades formativas e profissionais”. Pelo que, refere, “continuando empenhada na melhoria das condições pedagógicas que permitam uma melhor aprendizagem, estamos apostados em “arrancar” com novos cursos que permitam a formação de técnicos capazes de responder às necessidades do mercado de trabalho, quer a curto ou médio prazo”.

O Director Pedagógico reforça que “neste ano lectivo 2010/11 - marco do seu 20.º aniversário - a EPM assinala um momento de confirmação e de mudança na oferta qualitativa”. E sublinha: “em termos de equipamentos, entre outros, a EPM colocou quadros interactivos em todas as salas de aula e outro material pedagógico e adquiriu um mini-autocarro de 28 lugares para transporte de alunos e visitas de estudo. A nível de alunos, a EPM atingiu o auge com 14 turmas”.

Mário Jorge não deixa de lembrar e reconhecer o mérito dos promotores e de todos quantos têm ajudado a perpetuar a EPM, pois, refere, “com a sua abertura foram criados novos horizontes à juventude do concelho e região, quer a nível de ensino, educação, cultura cívica e formação profissional”.

Emanando da concertação de vontades protocoladas, em 26 de Fevereiro de 1990 e ratificadas em 14 de Agosto de 1990, entre a Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Santa Casa da Misericórdia de Montemor-o-Velho e Associação Infantário e Jardim de Infância de Montemor-o-Velho, hoje Associação Fernão Mendes Pinto, a EPM resultou  de um contrato-programa celebrado entre o GETAP - Gabinete de Educação Técnica Artística e Profissional (Ministério da Educação) e as referidas Entidades Promotoras, que foi outorgado a 23 de Agosto de 1990. O ano lectivo de 1990/91 foi, formalmente, a data da fundação e arranque da Escola Profissional de Montemor-o-Velho. A 2 de Outubro é decidida a abertura da Escola no dia 12 de Novembro, para o primeiro ano lectivo (1990/91), havendo 94 inscrições para os três cursos da altura: Técnico de Animação Sociocultural (diurno) e Técnico de Informática e Gestão (diurno e nocturno). A sessão solene de abertura da Escola ocorreu no dia 29 de Novembro.

Desde a sua génese, a Escola Profissional de Montemor-o-Velho desenvolveu-se e consolidou-se como Instituição de Ensino vocacionada para a oferta de cursos profissionais de nível III (actualmente designados por nível IV), cursos de dupla certificação que depois de concluídos conferem um diploma profissional e dão equivalência ao 12.º ano de escolaridade, permitindo o ingresso no mercado de trabalho e/ou o prosseguimento de estudos.

As comemorações do 20.º Aniversário da EPM decorrem durante o ano lectivo 2010/2011, iniciando-se, no dia 12 de Novembro, pelas 12h30, com o descerramento de uma Placa Comemorativa “20 anos do Ensino Profissional” e um momento de convívio com partilha do Bolo de Aniversário e Magusto.