Sete centenas de alunos da ADA defendem publicamente as suas Provas de Aptidão Profissional, de 12 a 22 de Julho, terminando assim o currículo de formação profissional.

Trata-se “de uma demonstração pública, perante um júri, dos conhecimentos e competências adquiridos ao longo da formação durante os tês anos do respectivo curso, com incidência especial sobre o Estágio em Contexto de Trabalho realizado em diferentes instituições e empresas, bem como o projecto de final de curso”.

 

Neste contexto, entre 12 e 22 de Julho, das 9h00 às 18h00, na Galeria Municipal de Montemor-o-Velho, 70 alunos das Escolas Profissionais da Associação Diogo de Azambuja (ADA) vão realizar as provas públicas de apresentação da Prova de Aptidão Profissional (PAP), formalidade que encerra o ciclo formativo de “saberes e prática” acumulados ao longo de três anos de curso. Dada a especificidade da respectiva PAP, os finalistas do Curso de Animação Sociocultural se realizam no dia 16, entre as 21h00 e as 24h00.
Neste final de ano lectivo, são 5 as áreas de formação que terminam o seu ciclo nas Escolas da ADA: Informática de Gestão, Animação Sociocultural e Construção Civil – Desenho (Escola Profissional) e Turismo Ambiental e Rural e Técnico de Produção Agrícola (Escola Profissional Agrícola Afonso Duarte).
A PAP consiste na concepção, execução e defesa por parte do aluno, de um projecto de Aptidão Profissional visando o desempenho profissional em instituições e empresas do sector relacionado com o curso frequentado, cujo projecto tem carácter de investigação aplicada, integradora e mobilizadora dos saberes e competências adquiridos ao longo do plano de formação desenvolvido em sala de aula e em contexto de trabalho.
A definição do projecto implica a apresentação das motivações pessoais, a análise de recursos, a recolha de informações, a definição de estratégias e da sua exequibilidade.
A Prova de Aptidão Profissional é uma das componentes do currículo de formação das escolas profissionais, constituindo-se condição de obtenção de diploma profissional, de nível III (equivalente ao 12.º ano).
Para os alunos finalistas este é sem dúvida um ano de extrema importância, pois a realização das Provas de Aptidão Profissional e a sua defesa oral constituem um importante elemento na avaliação final do seu percurso escolar. A integração no mundo do trabalho é uma mais-valia não só para os jovens que estudam e que se preparam para virem a ser inseridos na vida activa, como é um importante elemento inovador para as Empresas e Instituições, também elas a lidar com um mercado cada vez mais ambicioso e com um grau elevado de exigência e qualidade.